• Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon

Biblioteca

No Soundwich inSide um novo espaço dedicado à literatura gastronómica espera por si! O espólio da gastrónoma e investigadora D. Maria Odete Cortes Valente doado pelos herdeiros a Hélio Loureiro que os coloca à sua disposição neste recanto, onde se pretende que venha reencontrar ou encontrar as receitas que fizeram História no século XX. Uma forma de homenagear esta escritora que durante várias décadas escreveu inúmeros livros de receitas que fazem hoje parte integrante da cultura gastronómica portuguesa.  

 

Desde muito cedo manifestou interesse pela nossa Cozinha Regional, tendo compilado o seu primeiro caderno de receitas, aos dez anos. 

 

Lançou o seu primeiro livro, “Cozinha Regional Portuguesa”, edição de autor, em 1962, reeditado e aumentado em 1973 e 1982, em edições da Livraria Almedina de Coimbra. Em 1987 começou a colaboração com o Círculo de Leitores, com a edição em quatro volumes da “Cozinha Regional Portuguesa”. 

 

Estes quatro volumes foram também vendidos em fascículos pelo Jornal de Notícias. Prosseguiu em 1989 com a “Cozinha Descoberta Pelos Portugueses”, Círculo de Leitores e entre 1993 e 1995 com os oito volumes da “Cozinha de Portugal”, divididos por províncias.  Ainda em 1995 para a Colares Editora conclui o livro “Gastronomia Portuguesa – Tradição e Prática Regional” e em 1996 foi publicado em espanhol pelas Ediciones Oria, S.L., o livro “La Cocina Portuguesa” para o mercado espanhol. Em 2004 é publicado, novamente pelo Círculo de Leitores, um volume de “O Melhor da Cozinha Portuguesa”, com uma escolha criteriosa das melhores e mais significativas receitas. 

 

Em 2006, de parceria com a sua filha Ana Margarida, publica “As Nossas Receitas”, pelo também Círculo de Leitores, uma recolha de receitas clássicas e contemporâneas. Foi também colaboradora regular de algumas revistas e jornais, para além de ter sido também Júri do Concurso de Cozinha Alentejana. 

 

É membro da “Chaíne des Rôtisseurs” (Confraria Francesa de Assadores), da Confraria Panela ao Lume e da Confraria do Vinho do Dão.  

 

A Câmara Municipal de Estremoz atribuiu-lhe em 2007, a Medalha de Mérito Municipal - Grau Prata.